O Charme dos Azulejos no Porto

Os famosos ladrilhos coloridos dão charme à Cidade Invicta.

 

Portugal tem detalhes de charme e um deles é, sem dúvida, a beleza dos azulejos que revestem muitos prédios e casas do Porto. Coloridos ou apenas em azul e branco, estes pequenos ladrilhos não deixam o visitante indiferente.

 

Painel da Biblioteca Municipal do Porto, onde se encontram azulejos dos séculos XVII e XVIII

Os azulejos chegaram a Portugal no reinado de D. Manuel I, no século XV, por influência árabe. A origem da palavra “azulejo” vem do termo “az-zaleij”, de origem árabe-hispânica, que significa “pedra polida” (e não “das cores azuis”, como muitas vezes se pensa). Em Portugal, a produção de azulejos desenvolveu uma linguagem própria e a história do país é contada nas suas pinturas. 

Pela Baixa do Porto vais encontrar sempre muitos painéis. O mais imponente dos locais onde é possível ver azulejos pintados à mão em grande quantidade é a Estação de São Bento. Este é o local com maior número de azulejos por metro quadrado do mundo! Todos estes painéis de azulejo foram pintados pelo artista Jorge Colaço, no início do século XX, e depois organizados nas paredes da entrada da estação.

Estação de São Bento

Perto da estação, podes encontrar a Igreja de Santo Ildefonso, construída entre os anos de 1709 e 1739 e cujos azulejos foram instalados apenas em 1932, também por Jorge Colaço.

Na Capela das Almas, podemos admirar os azulejos mais famosos do Porto. A capela é do início do século XVIII, mas as quase 16 mil peças de azulejos que revestem o seu exterior – e que representam cenas da vida de Santa Catarina e de São Francisco de Assis – foram instaladas já século XX, sendo da autoria de Eduardo Leite.

Capela das Almas


Na Casa da Música, espetacular edifício destinado a concertos e inaugurado em 2005, Rem Koolhaas, designer do projeto, criou a Sala VIP, toda de azulejos. Vale a pena visitar.

Sala VIP na Casa da Música

Se quiseres comprar um azulejo para levar como recordação, existem milhares de lojas espalhadas pela cidade, mas a nossa dica é a Prometeu Artesanato, que fica na Rua de Mouzinho da Silveira, 136, aberta todos os dias das 10h às 21h. Se quiseres fazer o teu próprio azulejo e levar para casa, a dica é a Brâmica, que fica na Rua de Santo Isídro, 181, e abre de Segunda a Sexta-feira, das 14h às 20h.

Não te faltam opções para apreciares e tirares boas fotografias com os azulejos no Porto! Não te esqueças de identificar a @inlifeportugal quando seguires as nossas dicas 😉. 


Estás à procura de alojamento para estudantes no Porto? Fala connosco! Temos quartos e apartamentos de estudantes para arrendar no Porto! Reserva a tua casa online na nossa plataforma de casas para estudantes.


Share this article
Back to blog